ESPECIALIDADES

MÃO E PUNHO

O ortopedista especialista em mão e punho, tem como objetivo o diagnóstico e o tratamento de lesões traumáticas e não traumáticas da mão, além da correção das deformidades congênitas ou adquiridas nas mãos.

PRINCIPAIS DOENÇAS E LESÕES DE MÃO E PUNHO

Síndrome do Túnel do Carpo

A síndrome do túnel do carpo é uma neuropatia resultante da compressão do nervo mediano no canal do carpo, estrutura que se localiza entre a mão e o antebraço.O nervo mediano fornece sensação e movimento ao lado da mão em que está o polegar.A principal causa da síndrome do túnel do carpo é a Lesão do Esforço Repetitivo, provocada por movimentos repetitivos, como digitar ou tocar instrumentos musicais. Existem também causas traumáticas, inflamatórias, hormonais e medicamentosas. Tumores também estão entre as possíveis causas dessa síndrome.

Tenossinovites da mão e punho (tendinite de quervain)

São termos empregados para descrever um distúrbio osteomuscular relacionado ao trabalho, associado aos movimentos repetitivos do punho e polegar , exercícios excessivos e posturas inadequadas, que ocasionam tensão nos tendões.Por ser uma patologia que dificulta a realização das atividades da vida diária, a fisioterapia irá atuar de forma a auxiliar na recuperação funcional das estruturas acometidas, reduzindo processo inflamatório e, conseqüentemente, reduzindo o quadro álgico do paciente.

Deformidades congénitas: gigantismo - polegar em gatilho - sindactilia

Gigantismo, é caracterizado pelo aumento de um ou mais dedos, podendo acontecer isoladamente ou como parte de uma síndrome congênita.
Polegar em gatilho - O polegar e o anular são os mais acometidos, seguido do dedo longo, indicador e do mínimo. Várias são as causas. São frequentes em mulheres entre 40 e 60 anos de idade. Também estão associadas a doenças que afetam o tecido conjuntivo, como: diabetes, artrite reumatóide, gota, amiloidoses e mucopolissacaridoses. Nos casos congênitos o alongamento é mais comum no polegar. A sindactilia é uma malformação embriológica extremamente rara que acomete os dedos. Ela consiste na fusão entre dois ou mais dedos das mãos ou dos pés, podendo ocorrer tanto em partes moles quanto em ossos .

Moléstia de Dupuytren

Apresenta-se como uma doença hereditária comum onde um ou mais dedos se contraem, isto é, ficam dobrados para dentro da palma da mão. A causa dessa contração permanece ainda desconhecida.

Fraturas de: Falanges - Metacarpos - Ossos do Carpo - Rádio - Unha

Ferimentos corto-contusos de: Nervo - tendões

As lesões abertas por cortes ou traumatismos (ferimentos cortantes, corto-contusos, lacerações ou esmagamentos) podem acometer os tendões e causar perda da função. Mesmo cortes domésticos inocentes e pequenos podem afetar as estruturas motoras. O sintoma principal de uma lesão tendinosa é a perda da mobilidade do segmento que este tendão se destina, que pode ser de um dedo ou do punho.

CIRURGIAS MAIS FREQUENTES DE MÃO E PUNHO

Sutura dos Tendões

Consiste na sutura dos topos tendinosos (tenorrafia) que pode ser realizada por várias técnicas. Após a cirurgia deverão o punho e mão ser imobilizados em flexão para evitar tensão na sutura.
O médico irá aplicar um penso e tala após a cirurgia. Os dedos e punho serão colocados numa posição dobrada para diminuir a tensão da reparação.

Sutura de Nervos

Artroscopia de Mão e Punho

A artroscopia do punho hoje é uma ferramenta poderosa que deve fazer parte da rotina cirúrgica do cirurgião da mão, tanto no diagnóstico como no tratamento de diversas lesões do punho e da mão.

Descompressão do Túnel de Carpo

A técnica endoscópica é alternativa minimamente invasiva à cirurgia convencional da síndrome do túnel do carpo, justificada pela possível diminuição da morbidade pós-operatória. Este estudo pretende comparar as duas técnicas com relação aos seus resultados imediatos, avaliando possíveis vantagens e desvantagens do procedimento endoscópico.

Correção das deformidades Congénitas da Mão

As mãos e os membros superiores são frequentemente afetados por malformações congênitas, como os dedos extranumerários, a sindactilia (dedos unidos), a camptodactilia (ponta do dedo torta) e a duplicação do polegar. Geralmente essas malformações têm uma causa genética, sendo comum encontrar apresentações semelhantes na mesma família, porém, também podem ser causadas por problemas durante a gestação devido aos agentes teratogênicos.

Osteossíntese das Fraturas de Mão

A cirurgia tem por objectivo restabelecer o alinhamento normal do osso, e manter esse alinhamento até a reparação da fratura. Permite também corrigir algumas lesões das partes moles, em especial vasos sanguíneos que possam ter rompido.
O restabelecimento da continuidade óssea por meio cirúrgico (osteossíntese) pode ser feito com recurso a várias técnicas, habitualmente com a utilização de placas e parafusos, varetas endomedulares ou fios de Kirschner.