Seu tipo de pisada por Dr. Marco Antônio Machado Filho

28 de junho de 2017 por Osmar0

Qual é o meu tipo de pisada? Qual formato dos meus pés? Qual tênis devo comprar para correr? Preciso comprar palmilhas? Essas são algumas perguntas frequentes com que o especialista em Pé e Tornozelo se deparam no dia a dia do seu consultório. Vamos discutir sobre isto!
Pé pronado, pé chato ou pé plano valgo: mostra-se como uma aproximação do arco longitudinal do pé ao solo. Quando flexível, apresenta aspecto familiar herdado – frouxidão ligamentar. A maior parte do apoio concentra-se no lado de dentro do pé, podendo levar a uma sustentação desigual e até problemas posturais, devido quadro de dor e calosidades.
Esta variação anatômica, sabidamente está mais associada à fasciite plantar (erroneamente chamada de “esporão do calcâneo”) e à dor no osso da perna – tíbia – chamada de canelite. Entretanto, a crença de que esse tipo de pisada é um fator de risco para lesões é errada. Se bem assistidos e preparados, atletas com pés pronados não apresentarão mais lesões do que os de pé neutro ou supinado.


E o pé supinado? Também conhecido como pé cavo, é o oposto do outro tipo: ocorre um afastamento do arco longitudinal medial com relação ao solo. Em geral, apresenta sobrecarga na face lateral dos pés, gastando a face externa da sola dos tênis.
Pode estar mais relacionado ao entorse comum do tornozelo, assim como à dor embaixo dos dedos (metatarsalgia) devido sobrecarga mecânica nesta região. Assim como os portadores de pé chato, se bem assistidos e preparados, estes atletas não apresentarão maior frequência de lesão.
Em resumo, existe uma ampla variedade no formato dos pés (desde o pé pronado até o pé supinado, passando pelo neutro) que são considerados normais. As deformidades muito exageradas devem ser avaliadas e investigadas pelo ortopedista, pois podem apresentar alguma patologia escondida. O uso de palmilhas restringe-se aos pacientes que apresentam queixas específicas nos pés, seja durante a atividade física ou no dia a dia. A avaliação junto ao seu ortopedista de confiança é fundamental para evitar lesões e, quando existirem, tratá-las adequadamente.


Não deixe de agendar sua consulta com o ortopedista especialista em pé e tornozelo. Tire suas dúvidas e leve seu tênis para a visita. Previnir lesões faz parte de um bom preparo para suas atividades físicas.


Faça seu Comentário

Seu e-mail não está cadastrado. Preencha os campos com *, eles são Obrigatórios!


logo (1)

O Instituto Osmar de Oliveira construiu ao longo destes últimos 37 anos uma trajetória de sucesso e profissionalismo, tornando-se referência em São Paulo na área da Ortopedia, Medicina Esportiva e Reabilitação.

R. Dona Germaine Burchard, 332 - Perdizes - São Paulo - SP - CEP 05002-061

Últimos artigos publicados

WhatsApp chat